quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Natureza das Contas

Mediante natureza do saldo as contas podem ser:

Estáveis devedoras, estáveis credoras e instáveis.

Contas estáveis devedoras são as que apresentam sempre saldo devedor, são exemplos de contas estáveis devedoras:

Caixa, Bancos, Duplictas a Receber, Estoques, Imobilizado, Custo, Despesas, etc.

Contas estáveis credoras são as que apresentam sempre saldo credor, são exemplos de contas estáveis credoras:

Fornecedores, Duplicatas a Pagar , Tributos a Recolher, Capital Social, Juros Ativos, Vendas, etc.

Contas instáveis: São aquelas que podem apresentar, ora saldo devedor , ora saldo credor, são exemplos de contas instáveis:

Resultado do Exercício, Resultado de Vendas, etc.

Ativo e despesa têm natureza devedora, ou seja, os saldos das respectivas contas são considerados "positivos" quando são devedores. As contas tornam-se mais positivas quando recebem aplicação (e portanto débito) de recursos.
Passivo, Receita e Capital têm natureza credora,. Quando uma conta dessas serve como origem (crédito) de recursos, ela se torna mais positiva. Se for uma conta passiva, espera-se que um dia ela receba um lançamento a débito para ser, quando uma conta possui saldo negativo, geralmente é erro de lançamento ou erro de classificação. Algumas dicas a respeito:

Ativo negativo é na verdade um passivo, na gíria contábil, chamamos de saldo virado, portanto,  deve ser transferido logicamente depois de uma analise para saber se realmente o saldo está virado, um recebimento adiantado de cliente torna negativa a respectiva conta no Contas a Receber, pois é um passivo disfarçado;

Uma conta  ativa-negativa por tradição é a "Provisão para Devedores Duvidosos": não é uma dívida, mas claramente reduz o ativo de contas a receber;

Passivo negativo é na verdade um ativo, que esta com saldo virado, por exemplo, um adiantamento a fornecedor pode criar um saldo momentaneamente devedor na respectiva conta passiva, o procedimento é idêntico ao Ativo negativo;

Receita negativa é despesa. Alguns contadores posicionam determinadas despesas como receitas por serem "deduções da receita bruta", ou seja, é um dinheiro que nunca chega a entrar na empresa e nunca deveria ser tomado como receita real. Exemplo: IRRF sobre serviços, COFINS, PIS (quando cumulativos);

Despesa negativa definitivamente não faz sentido, poderia ocorrer talvez em um lançamento de estorno, e estornos são coisas meio imperdoáveis numa contabilidade informatizada...

Capital negativo significa que você ou sua empresa está em sérios apuros, pois deve mais do que possui em bens e direitos. Infelizmente, isso acontece mesmo e com alarmante freqüência, geralmente com instituições financeiras. Um banco pode emprestar ("alavancar") até 20 vezes o capital no Brasil (países desenvolvidos permitem alavancagens ainda maiores), portanto basta um punhado de empréstimos mal-feitos para zerar o capital.
Para isso vou usar como exemplo a conta CAIXA de uma empresa, já sabemos só pelo nome, que ela representa o dinheiro que esta dentro da empresa e que ela pertence ao ATIVO, sabemos também que os aumentos nessa conta são efetuados pelos débitos e que as diminuições são efetuadas pelo crédito.
O caixa da empresa é como se fosse a sua carteira (desculpem o exemplo), é um dinheiro que esta com você no momento, bem idêntico ao dinheiro que esta na empresa a única diferença que a empresa não fica transitando com o dinheiro.
Baseado nas informações acima podemos dizer que a conta Caixa, sempre terá um saldo devedor, ou não terá valor nenhum (saldo zero).
Porém tenha sempre em mente que, tanto as contas estáveis devedora como as contas estáveis credoras, NUNCA poderá ter o saldo VIRADO, porque contraria a teoria dos saldo da contas.

12 comentários:

  1. exelente! eu estou no primeiro ano de curso tecnico em contabilidade. e aqui encontrei td que eu preciso.

    ResponderExcluir
  2. parabens!
    tirou uma corda do meu pescoço!
    obg*-*

    ResponderExcluir
  3. tbm gostei, fala jflor de Angola

    ResponderExcluir
  4. Super objetivo! Tinha uma dúvida sobre quais eram as contas estáveis devedoras, estáveis credoras e instáveis. Aqui encontrei a resposta. Valeu!

    ResponderExcluir
  5. Curso o 6º Periodo de Bacharelado em Ciências Contabeis e trabalho a 6 Meses em Um Escritorio e só agora ao ler esse Trecho Consegui entender por que se Debita e Se Credita .. Mt bem elaborado o texto e mt ultil ..

    ResponderExcluir
  6. Ótimo, parabens mesmo, continue assim. Texto super claro, objetivo e numa linguagem para todos entenderem.

    ResponderExcluir
  7. Perfeito, muito obrigado.

    Sabe onde eu encontro exemplos?
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  8. Todos oferecem a mesma explicação, esclareça, por gentileza, as entrelinhas.
    Como Ativo que é um direito pode ter natureza Devedora?

    ResponderExcluir
  9. ótimo encontrei o que precisava, para incrementar minhas ideias....

    ResponderExcluir